quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Livro O Desejo de Lilith, romance de Ademir Pascale

Um descuido dos tradutores da Bíblia revelou o pior dentre todos os demônios. Um velho e decadente detetive de polícia investiga um macabro suicídio, mas o que ele não sabia era que sua vida estava por um fio e seria envolvido em uma conspiração contra toda a humanidade. Uma palavra-chave, transliteração de uma palavra hebraica repetida em 63 trechos da bíblia, dará início à mais sombria das investigações. Uma organização secreta milenar abriga incríveis segredos e bizarras e inimagináveis personagens. Afinal, o que teria em comum Platão, Vlad Tepes, Erzsébet Báthory, John Milton, Thomas Chatterton, Mary Shelley, Percy B. Shelley, Robert L. Stevenson, Aleister Crowley e Jim Morrison? Descubra em O Desejo de Lilith, um romance sobrenatural vivenciado nas principais avenidas e ruas de São Paulo, repleto de segredos, revelações, aventuras e muito rock n’ roll. Mas atenção, seja forte e esteja preparado ao ler estas páginas, pois você não confiará mais em seu vizinho ou qualquer outro transeunte que cruzar o seu caminho. Você nunca mais enxergará o mundo como antes…

Afinal, qual seria o desejo de Lilith?

Leia o release completo no site da editora: Clique Aqui

sábado, 28 de novembro de 2009

Os três últimos desejos de Alexandre o Grande


Quando à beira da morte, Alexandre convocou os seus generais e relatou seus três últimos desejos:

1º - Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;
2º - Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas...);
3º - Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou:

1º - Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;
2º- Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;
3º - Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Livro: O DESEJO DE LILITH


Imagem da primeira representação conhecida de Lilith, 1950 a.C., uma das personagens principais do meu livro O DESEJO DE LILITH.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

ANTOLOGIA: ZUMBIS: QUEM DISSE QUE ELES ESTÃO MORTOS?

Em pleno século 21 eles foram quase esquecidos, mas nos espreitam constantemente pelas sombras. Sabe aquele friozinho na espinha que sentimos quando parece que alguém está escondido nos espiando? Pode acreditar, são eles: criaturas cadavéricas, mortos-vivos, seres infernais e catatônicos, ou popularmente zumbis. Afinal, quem disse que eles estão mortos?

Fuja das sombras. Passe longe das tumbas. Corra o máximo que puder. Conheça a trajetória desses horríveis canibais em contos contundentes com heróis, mocinhas e cidades infestadas pelos malignos servos dos rituais necromânticos. Tome cuidado com o seu cérebro, pois eles poderão comê-lo.

Criação e Organização: Ademir Pascale (Invasão, Draculea, Cinema – Despertando seu olhar crítico e Metamorfose)
Autor Convidado: M. D. Amado
Prefácio: César Silva (Anuário Brasileiro de Literatura Fantástica 2008)
Pretensão: reunir 25 escritores ou mais

VOCÊ AUTOR, PARTICIPE. ACESSE: www.cranik.com/zumbis.html


COMUNIDADE NO ORKUT: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=95181770

ANTOLOGIA: NO MUNDO DOS CAVALEIROS E DRAGÕES

OBJETIVO DA ANTOLOGIA NO MUNDO DOS CAVALEIROS E DRAGÕES:
Reunir cerca de 25 escritores com contos épicos voltados para o mundo dos Cavaleiros e Dragões. Os participantes deverão escrever contos sobre cavaleiros e dragões. Magia, duelos, batalhas e aventura. Use a sua criatividade.

Criação e Organização: Ademir Pascale (Invasão, Draculea: O Livro Secreto dos Vampiros, Cinema – Despertando seu olhar crítico e Metamorfose: A Fúria dos Lobisomens ).
Autores Convidados: Leandro Reis (Filhos de Galagh) e
Rober Pinheiro (Lordes de Thargor, o Vale de Eldor).
Prefácio: Regina Drummond (Receitas Práticas de Magia, O Destino de Uma Jovem Maga, Amor Vampiro, Rumo à Alemanha).
Pretensão: reunir 25 escritores ou mais.
Editora: All Print

Acesse a página: http://www.cranik.com/cavaleirosedragoes.html

Comunidade no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=95012483

.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

LIVRO DRACULEA À VENDA

LIVRO DRACULEA: O LIVRO SECRETO DOS VAMPIROS à venda. Compre diretamente com Ademir Pascale R$ 25,00 (frete incluso): Envie um e-mail para: ademir@cranik.com

Saiba mais sobre o livro: http://www.literaturafantastica.com.br/livrodestaque.html

.

sábado, 19 de setembro de 2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Eric Novello entrevista Ademir Pascale


ENTREVISTA:

Eric Novello: Como foi sua entrada no mundo da literatura?

Ademir Pascale
: Desde muito cedo. Lembro perfeitamente quando meu pai (in memoriam) contava seus incríveis “causos”, a maioria passados no estado de Minas Gerais, sua terra natal. Suas histórias sobre lobisomens, fantasmas, caboclos d’água e sereias eram tão perfeitas e reais, que até hoje não saberia dizer se foram criadas ou realmente vivenciadas por ele. Minha mãe (in memoriam) me estimulou ao mundo das ilustrações, e até pouco tempo atrás, tinha guardado comigo alguns papéis com desenhos de quando eu tinha 3 anos de idade. Não eram simples rabiscos; algo convencional para uma criança naquela idade, mas desenhos legíveis, com olhos, boca, nariz, corpo, etc. Com 5 anos de idade, já tinha uma coleção razoável de HQ’s da Disney e Maurício de Souza. Um pouco mais tarde, influenciado por meu irmão, passei a gostar também dos Heróis da TV, Conan, MAD, etc. Sempre tive destaque no colégio com os meus contos. Lembro até hoje que, na 6ª série, minha professora de português gostou tanto do meu conto “Mar de Sangue” que me fez timidamente lê-lo em frente aos colegas de sala. Após a leitura, ela me perguntou se eu tinha vindo de outro colégio ou se tinha feito algum curso de criação literária. Eu disse que não, que estudava lá desde a 1ª série e que nunca tinha participado de algum curso de criação literária. Ela não acreditou muito, assim mesmo ganhei um 10. Mas, o ápice mesmo, pelo menos até o momento, ocorreu recentemente em 2008, quando passei a divulgar e publicar meus contos em antologias e na própria internet.

Eric Novello
: Dentro da literatura fantástica, quais escritores influenciam o seu trabalho?

Ademir Pascale
: Acredito que a maioria dos escritores deste gênero vão dizer Monteiro Lobato. Gosto do Lobato, mas prefiro Augusto dos Anjos, Graciliano Ramos (um gênio) e Cecília Meireles. Gosto muito da literatura estrangeira, destacando a inglesa, e cito Robert Louis Stevenson, Mary Shelley, Oscar Wilde e principalmente Edgar Allan Poe. Gosto também de outros gêneros, para espanto de quem pensa que gosto apenas do horror e FC. Cito: Jane Austen, Charles Dickens, James Joyce, William Faulkner (Destaque: Uma rosa para Emily), irmãs Brontë (Charlotte, Anne e Emily), Ernest Hemingway (Destaque: O velho e o mar) e Katherine Mansfield (Destaque: Felicidade ‘Bliss’). Já os contemporâneos, destaco Umberto Eco, o amigo André Carneiro (infelizmente, um autor mais conhecido e enaltecido no exterior do que no próprio Brasil), Roberto de Sousa Causo; escritor forte, sério, inteligente e criativo. Como pode notar, é uma mistura de gêneros e influências e, para não citar nomes, mente quem diz não ser influenciado.

Eric Novello: E no que se convencionou chamar de literatura mainstream?

Ademir Pascale
: No meu ver, algo muito usado, para não dizer repetido ou batido, mas que faz sucesso. Não chega a ser chato, pois quem gosta do estilo (voz do autor), não se cansará de ler J. K. Rowling e suas milhares de páginas com Harry Potter, assim como as obras de André Vianco ou mesmo Roberto Shinyashiki, um outro gênero que faz muito sucesso, a auto-ajuda. Muitos se espelham nos principais autores de um determinado gênero e acabam levando a voz do autor para os seus textos, não gerando uma característica própria. Veja bem, ser influenciado é uma coisa, copiar o estilo é outra. Quantos autores que tentam ser semelhantes ao britânico J. R. R. Tolkien não vemos por aí?

Eric Novello
: Como vê a situação da literatura fantástica nacional dentro do mercado editorial?

Ademir Pascale: No quesito editoras comerciais, razoável. O que vejo são mais editoras prestadoras de serviços, ou seja, pagou publicou “e bem caro”. Algumas editoras estão trabalhando seriamente e estou vendo um bom crescimento em seus catálogos, com títulos inovadores e até apostando em novos autores, cito: Idea e Devir. Não generalizo as prestadoras de serviços, pois algumas que conheço (poucas) fazem um excelente trabalho de edição e divulgação. Recebo dezenas de contos e minicontos mensalmente para as antologias que estou organizando e para o zine TerrorZine: minicontos de terror. Leio excelentes textos de autores que não são conhecidos. Muitos se queixam que não conseguem publicar suas obras, e vejo que muitas editoras dão prioridade em ler originais de nomes já conhecidos no mercado, algumas vezes nem tão bons escritores, e acabam descartando excelentes escritores ainda sem nome, talvez pela quantidade reduzida de funcionários que trabalham na análise de originais. Gostaria muito de ver editores mais corajosos apostando em novos escritores, pois hoje, os leitores são muitos, bem diferente de 5 anos atrás. Para uma editora, o investimento é muito baixo na publicação de uma obra com 300 exemplares iniciais, e se realmente houver saída, uma boa vendagem, investir em mais exemplares seria o melhor caminho. Muitas erram e fazem uma tiragem inicial gigantesca, não fazem um bom trabalho de marketing e ainda esperam que o autor divulgue sua obra sozinho. O autor também tem que fazer a sua parte na divulgação, mas ambos devem trabalhar unidos.

Eric Novello: Qual o papel da Internet hoje na divulgação da literatura? Acha que os escritores estão sabendo explorar o seu potencial?

Ademir Pascale: Sem dúvida, importantíssima. Hoje, não conseguiria imaginar o mundo sem a internet. Os blogs são o melhor caminho para divulgação e treino de um escritor, além de que podemos ler bons textos gratuitamente. Veja que cerca de 90% do meu trabalho na literatura, é via internet, seja em envio e recebimento de textos, entrevistas ou troca de mensagens com escritores e editores (essa entrevista foi toda elaborada via internet...rs). O escritor que não usufruir desta tecnologia, com certeza ficará para trás.

Eric Novello: E a sua presença na Internet? Fale um pouco de contos online e do seu trabalho de divulgação em sites como o Cranik.

Ademir Pascale: Não sou do tipo “escritor metido” que publica um conto ou uma obra e já se acha uma estrela, e olha que já conheci muitos assim, mas hoje os evito e quero distância. Sei que o meu trabalho é muito importante na internet, afinal, já entrevistei mais de 110 pessoas, sendo a maioria escritores e cineastas. Muitos editores e jornalistas de conhecidas revistas e jornais entram em contato comigo constantemente solicitando o contato de alguns dos meus entrevistados, assim como auxílio em reportagens. O jornalista Roberto Cabrini me descobriu através do portal Cranik (www.cranik.com), e lembro que no dia que ele entrou em contato comigo, duas horas depois eu estava dando entrevista no Jornal da Noite na Bandeirantes. A mesma coisa aconteceu na Revista Istoé, Rádio USP, TV Uniban, diversos jornais, sites, etc. O Cranik se tornou uma excelente referência para a literatura e o cinema, mas nem tudo foi fácil: lembro que em meados de 2003, quando criei o Cranik e ainda não tinha muitas visitas, ninguém queria dar entrevista, principalmente para um cara desconhecido. Hoje, chego facilmente aos membros da Academia Brasileira de Letras, e já publiquei entrevistas que fiz com Moacyr Scliar e Antônio Carlos Secchin. Muitas editoras entram em contato comigo para entrevistar os seus autores, pois já sabem da importância do canal de comunicação que criei. Além do Cranik, mantenho o site Divulga Livros (www.divulgalivros.org) e O Entrevistador (www.oentrevistador.com.br) e agora estou também com o site Literatura Fantástica (www.literaturafantastica.com.br), todos com portas abertas para patrocínio e parcerias, principalmente com editoras. Como referência do meu trabalho, cito o Google (www.google.com.br), que apontará em sua busca, usando o meu nome entre aspas “Ademir Pascale” para cerca de 3.750 páginas.

Eric Novello: Você está com um romance em análise para futura edição. Poderia falar um pouco sobre ele?

Ademir Pascale: Exato, este romance é intitulado “O Desejo de Lilith: Revelações em um diário”. Estou procurando editoras, e tenho esperanças que será publicado em uma delas, principalmente em uma que fica localizada em Bauru, S. Paulo. Não posso revelar muitos detalhes do enredo, mas esta obra é do gênero suspense e horror. Recebeu leitura crítica de dois profissionais e passou pela revisão de uma das maiores revisoras do país, a Sra. Iolanda Moura. Como escritor, leitor voraz e autocrítico, tenho certeza absoluta do sucesso e vendagem desta obra.
Para instigar vocês leitores, o enredo de “O Desejo de Lilith” engloba algo mirabolante: o que teria em comum Vlade Tepes, Mary Shelley, Piercy B. Shelley, John Milton, Platão, Erzsébet Bathory, Thomas Chatterton, Robert Louis Stevenson, Phil Lynott, Kurt Cobain, Alister Crowley e Jim Morrison?
Uma das epígrafes desta obra: “Admirar-se-ia você de que tais pensamentos me levassem a assomos de ódio e fúria? Quanto a mim, o que me surpreende é não ter naquele momento, em lugar de perder-me em lamentações, dado vazão a meus instintos de perversidade e a meus impulsos de investir contra toda a humanidade e perecer na tentativa de aniquilá-la.” Mary Shelley, Frankenstein.

Eric Novello: Fale um pouco da antologia Draculea que está organizando. Por que acha que os vampiros são um tema tão atraente na literatura?

Ademir Pascale: E sempre foi, desde Bram Stoker. O medo, o perigo e a sensualidade em requintados contos vampirescos agem profundamente em nosso inconsciente. Veja que algo estrondoso e fraco, como “Crepúsculo”, faz um tremendo sucesso (não gostei de Crepúsculo), pois os leitores já associam o vampiro com o que citei logo acima. Como criador e organizador da antologia Draculea: O livro secreto dos vampiros, digo que é um projeto muito bem elaborado, partindo do estudo de Vlad Tepes (1431–1476) e a sua maldita consangüínea Erzsébet Bathory (1560-1614). Garanto que não será uma simples antologia com contos de vampiros, mas uma antologia com ótimos contos selecionados, destacando “o segredo”, algo que deixará os vampiros nervosos se revelado. Estou recebendo tantos contos, que já penso futuramente no Draculea II. O sucesso é inevitável... Para mais informações sobre como participar da antologia Draculea, acesse: www.cranik.com/draculea.html .

Eric Novello: Você também está organizando uma coletânea de ficção-científica, não? Poderia falar sobre ela?

Ademir Pascale: Exato, seu título é Invasão. O tema já nos remete ao conteúdo da obra, ou seja, o planeta Terra sendo invadido por seres hostis, no entanto, resolvi deixar algo mais amplo que a clássica obra A Guerra dos Mundos de H. G. Wells, assim as histórias inscritas poderão conter tanto enredos com alienígenas, como robôs, personagens de outras dimensões, viagens no tempo e espaço, insetos gigantes, etc., desde que seja relacionado com o tema principal: INVASÃO. A obra será publicada pela Giz, e pretendemos reunir os melhores 26 contos. Para mais informações: www.cranik.com/invasao_coletanea.html.

Eric Novello: Aproveitando o tema, o que acha das modalidades de edições pagas existentes atualmente? Todas são bom negócio ou é preciso estar atento?

Ademir Pascale: Não sou contra, mas é preciso estar atento. Para os autores iniciantes, principalmente, é uma boa investir em modalidades de edições pagas, destacando as antologias, que são excelentes meios de divulgação dos seus trabalhos. A leitura por muitas pessoas é inevitável, pois geralmente participa cerca de 30 escritores em cada antologia. Cada um destes escritores distribuirá a sua cota para amigos, parentes ou até mesmo através de vendas para leitores. Então cada conto dos 30 escritores será lido. Mas, devemos ficar atentos a qualidade da obra e até mesmo do material gráfico. Um excelente conteúdo não vende com uma péssima capa, e isso vejo aos montes. Oras, porquê não investir em bons capistas? O barato muitas vezes sai caro. O material também é importante, e recentemente, comprei um livro em um lançamento (FOME - Tibor Moricz) que, dois dias depois já estava com as folhas soltas. Fiquei com muita raiva.

Eric Novello: Depois de entrevistar tantos escritores, percebe algum ponto em comum em suas dificuldades ou opiniões sobre a literatura no Brasil?

Ademir Pascale: A maioria dos escritores que já publicaram, com certeza passaram por dificuldades, alguns mais que os outros. Todos perceberam que o índice de leitores subiu, e consecutivamente elevou-se as vendas. Grande parte dos que entrevistei, reclamam das exposições nas vitrinas das livrarias. Elas dão mais destaque para as obras internacionais, ou para as editoras que gastam mais em publicidade. Uma obra na frente de uma vitrina não significa que seja boa, mas que tem alguém por trás investindo nela. É claro que muitas valem a pena, mas encontro sempre as melhores obras escondidas, atrás de outros exemplares num lugar de difícil acesso, ou seja, quase no chão. Temos que nos agachar para encontrá-las, e muitos não fazem isso, pegam as que estão a altura das mãos. Existem outras dificuldades e algumas já citei nas outras respostas.

Eric Novello: Qual conselho deixaria para quem quer começar a investir em literatura, seja como escritor ou como divulgador?

Ademir Pascale: Ler muito e escrever igualmente. Todo escritor deve ter um site ou um blog. Deve escrever artigos para outros sites, jornais ou revistas. Tem que participar de antologias e nunca deve desistir, mesmo com os “nãos”, o que nos deve fortalecer ainda mais em nossa busca. Ajudar o próximo também é fundamental. Acredito na lei do retorno.

Perguntas rápidas:

Um livro de literatura fantástica: O Iluminado, Stephen King.
Um livro de mainstream: O Par: Uma novela amazônica, Roberto de Sousa Causo.
Um ator ou atriz: Anthony Hopkins e Judi Dench.
Um filme: O nome da rosa, dirigido por Jean-Jacques Annaud (baseado na excelente obra de Umberto Eco).
Trilha sonora perfeita para escrever: Iron Man e Psycho Man, ambas do Black Sabbath.
Um desejo: Poderia dizer ver a minha obra “O Desejo de Lilith” publicada, mas direi algo mais amplo: um dia em que não exista mais preconceito entre raças e poder aquisitivo. Um dia em que o nosso governo realmente coloque em 1° lugar a educação, cultura, moradia, saúde e uma boa distribuição de renda, deixando a esmola de lado. Um dia em que possamos acordar sem nos preocuparmos com a violência, assaltos, sequestros e guerras. É isso...

Eric Novello: Gostaria de encerrar com algum comentário?

Ademir Pascale: Eric, agradeço pela entrevista e excelentes perguntas. Como já disse, entrevistei mais de 110 pessoas, mas poucas vezes fui entrevistado. Me senti bem em expor minhas idéias, obrigado.
Para os leitores interessados em conhecer mais o meu trabalho, acessem: www.cranik.com, www.literaturafantastica.com.br, www.oentrevistador.com.br e www.divulgalivros.org.

Um forte abraço,

Ademir Pascale – ademir@cranik.com

Fonte: www.cranik.com

.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

quarta-feira, 29 de julho de 2009

quinta-feira, 9 de julho de 2009

ANTOLOGIA: POE 200 ANOS

Acesse a página do regulamento e veja a capa em alta resolução : http://www.cranik.com/poe_200anos.html

sábado, 4 de julho de 2009

METAMORFOSE: A FÚRIA DOS LOBISOMENS

Reunir cerca de 25 escritores com contos de até 8.000 caracteres cada voltados para o mundo dos lobisomens. Os participantes deverão escrever contos sobre os lobisomens. "A Fúria" dos lobisomens no subtítulo da obra já indica o que pretendemos. Você deverá criar o seu tema, desde que use a raiva, ódio, vingança, fúria e seus derivados em seu contexto. Um lobisomem que busca vingança? Um ser diferente, mistura de lobo e homem, que busca as suas raízes ou mesmo uma cura? Um ser mutante que deseja se vingar dos humanos por ser diferente? Use a sua criatividade. Título: Metamorfose - A Fúria dos LobisomensOrganizador: Ademir Pascale (Invasão e Draculea: O livro Secreto dos Vampiros)Prefácio: J.Modesto (Trevas e Anhangá: A Fúria do Demônio)Editora: All PrintPretensão: Selecionar 25 autoresLeia o regulamento completo na página: http://www.cranik.com/metamorfose.html

PRAZO PARA RECEBIMENTO DOS CONTOS: 10/07/09 a 30/09/09

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Draculea - O Livro Secreto dos Vampiros


Um magnífico Wallpaper feito por Adriano Siqueira com o texto do Danny Marks abordando o título dos contos de todos os autores da obra "Draculea" criada e organizada por mim. O lançamento está previsto para o final de agosto, sem data certa confirmada.
Sucesso para todos nós
.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Meu Conto na Scarium nº 25

Participo nesta edição da Scarium nº 25 com o conto Diabólica


SCARIUM 25: ESPECIAL MULHERES
Edição e organização de Giula Moon

Nesta Edição:

Especial de horror: Mulheres

Editorial – Giulia Moon
Entrevista: Martha Argel e Humberto Moura
Quadrinhos – Althéia – Giulia Moon
Nilza Amaral – Medo
Martha Argel – Quando o Lobo sai para caçar
Nelson Magrini – À Luz do dia
Mário Carneiro Jr. – Bruxa!
Regina Drummond – Uma História de Mulheres
Marcelo Augusto Galvão – Criança Feia
Cristina Lasaitis – Sangria
Ademir Pascale – Diabólica
Richard Diegues – Uma Flor a Gambô
Ana Cristina Rodrigues – Brinco de Prata
Alexandre Lancaster – Artísta da Capa
Marco Bourguignon – A Filha do Demônio
Cartas

Edgar Smaniotto – Farei Meu Destino de Miguel Carqueija: Construindo uma Ficção Fantástica para Jovens Leitores
Cesar Silva – Faroeste Fantástico

Edição de maio de 2009.
Edição Especial de horror com contos sobre mulheres.
R$ 8,00 (envio gratuito para todo o Brasil)

Compras, diretamente no site da Scarium www.scarium.com.br .
.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

NOVO SITE DE LITERATURA FANTÁSTICA NO AR

Inaugurei o novo site Literatura Fantástica: http://www.literaturafantastica.com.br/ . Nele, você encontrará informações sobre este incrível mundo; notícias, entrevistas, minicontos e muito mais. Não perca tempo...

Ademir Pascale - ademir@cranik.com
.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

DRACULEA - O LIVRO SECRETO DOS VAMPIROS

Convido você para participar da nova comunidade da antologia que estou organizando, intitulada DRACULEA - O LIVRO SECRETO DOS VAMPIROS. ACESSE: http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=83487941

OBJETIVO DESTA ANTOLOGIA:
Reunir cerca de 30 escritores com contos voltados para o mundo secreto dos vampiros. Os participantes deverão escrever contos sobre os segredos dos vampiros ou de apenas um vampiro. Você poderá ser um vampiro, como eu, que se rebelou contra o mestre Vlad Draculea e agora se vinga revelando os seus segredos. Poderá ser um detetive em busca de segredos, ou um dos súditos de Erzsébet Báthory que descobriu todos os seus manuscritos ocultos, ou mesmo um padre que guarda a sete chaves textos infernais que jamais poderão ser revelados. Lembre-se, Vlad Draculea tinha muitos inimigos, e você poderá ser um deles. Solte a sua imaginação...

Visite a página: http://www.cranik.com/draculea.html

Comunidade: http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=83487941

Aguardo você lá,

Ademir Pascale
.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

INVASÃO - COLETÂNEA DE FC

A Giz Editorial, selo sediado em São Paulo , e o organizador cultural Ademir Pascale, o convidam para fazer parte do livro INVASÃO.

INVASÃO será uma obra do gênero ficção científica que reunirá próximo de 26 textos, novelas ou contos, selecionados pelo organizador Ademir Pascale.

O tema INVASÃO já nos remete ao conteúdo da obra, ou seja, o planeta Terra sendo invadido por seres hostis. O organizador Ademir Pascale, no entanto, resolveu deixar algo mais amplo que a clássica obra A Guerra dos Mundos de H. G. Wells, assim as histórias inscritas poderão conter tanto enredos com alienígenas, como robôs, personagens de outras dimensões, viagens no tempo e espaço, insetos gigantes, etc., desde que seja relacionado com o tema principal: INVASÃO.
A Terra sendo invadida por terríveis alienígenas gigantes? Robôs que se rebelaram contra os seres humanos? Viajantes do futuro que resolveram mudar a história invadindo a Terra no passado ou vice-versa? Monstruosos seres intraterrenos que saíram dos confins da Terra para invadir a nossa planície? São apenas alguns exemplos, mas é o autor quem criará a novela.

Não perca a oportunidade de fazer parte de uma grande obra!
--------------------------------------------------------------------------------
REGULAMENTO

1 O tema central das novelas da ficção científica, desta primeira edição do projeto Universo Fantástico, criado pela Giz Editorial, será "INVASÃO".

2 Em um único volume serão publicadas novelas de, aproximadamente, 26 autores.

3 As novelas devem ser entregues em língua portuguesa. Junto deverá ser entregue um pequeno texto sobre o próprio autor.

4 Os textos devem conter no máximo até 8 mil caracteres com espaços, no total.

5 Os textos deverão ser encaminhados para universofantastico@gizeditorial.com.br no formato DOC [do programa MS Word].

6 Os autores dos textos selecionados por Ademir Pascale, também serão contatados por e-mail.

7 Cada exemplar da obra custará R$ 29,00.

8 Para ajudar na divulgação, cada autor participante do projeto deverá adquirir, no mínimo, 25 exemplares da obra [com desconto de 50% sobre o preço de capa do livro]. Cada EXEMPLAR sairá por R$ 14,50.

9 O pagamento dos 25 exemplares deverá ser feito no ato da assinatura do CONTRATO, quando o texto for aprovado. O total será de R$ 362,50.

10 A obra terá uma edição única de exemplares. Eventualmente, caso o projeto venha a apresentar certo sucesso, os autores serão convidados novamente a participar da segunda edição da mesma obra.

11 A editora se compromete a pagar os Direitos Autorais correspondentes aos exemplares comercializados diretamente pela casa.

12 As inscrições começam no dia 16/02/2009 e terminam no dia 30/04/2009.

13 Os textos poderão ser entregues até no máximo 30/04/2009. Prazo máximo das inscrições.

14 O lançamento da obra está previsto para julho de 2009.

15 Detalhes da obra
· Obra: INVASÃO.·
Organizador: Ademir Pascale.·
Editora: Giz Editorial (Universo Fantástico).·
Número de páginas: 160.·
Formato fechado: 14x21 cm.·
Lombada: Quadrada 6,4 mm.·
Impressão: Off-set.·
Miolo: Papel Pólen Soft Natural 80 G/M², Cor P&B 1x1.·
Capa: Papel Cartão Supremo 250 G/M², com orelha 70 mm
Colorida 4x0 [quadricromia], laminação fosca ou brilho·
Acabamento: Dobrado, refilado, alceado, colado e costurado.

16 Ficha de Intenção
Caro autor, caso você tenha interesse em participar da obra INVASÃO, preencha esta ficha abaixo e envie para o e-mail universofantastico@gizeditorial.com.br , com o assunto “INVASÃO”.

Nome completo:·
Pseudônimo:·
Título da novela a ser inscrita:·
Endereço completo [número, complemento]:·
Bairro:·
Cidade:·
Estado:·
CEP:·
Telefone 1:·
Telefone 2:·
Celular:·
E-mail 1:·
E-mail 2:·
Website:·
RG:·
CPF:·
Minibiografia do autor (com até máximo de 5 linhas):
.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Alegoria da Maldade - por Ademir Pascale


Foi selecionado para publicação no dia 01/01/09 o meu conto "Alegoria da Maldade" no Fontes da Ficção, site mantido pelos autores J. Modesto, Nelson Magrini e James Andrade.

Leaim um trecho:

1350 a.C., dia das trevas.

Faltava pouco para a batalha começar: os demônios marchavam incessantemente em rumo a colina de Zahur. Meu povo humilde e desprovido de armas, apenas aguardava a chegada daqueles que lhes tirariam a vida e, próximo do nosso altar aos deuses Sol e Lua, em cima de uma pedra no alto da colina, eu os observava: de um lado, meu povo; velhos, crianças, jovens e casais. Do outro, marchando com firmeza, a tropa dos demônios em seus robustos e fantasmagóricos cavalos. O farfalhar metálico das armaduras e armas e o tropeio dos cavalos eram irritantes, mas o brilho das espadas refletidas sobre a irmã Lua, riscavam a noite como grandes pirilampos, fazendo-me lembrar dos tempos de criança, quando corríamos à noite nas colinas de Zarcar em busca destes insetos que brilham. Sim, o tempo passou como um relâmpago. Naquele fatídico dia eu era um homem de três décadas, casado com uma mulher muito especial e pai de sete maravilhosos filhos. A morte caminhava lentamente, e nada poderia impedi-la e muito menos cessar o inevitável, a não ser algo estranho e inesperado que surgia de minhas entranhas; amargo, odioso, perverso e quente. Eu sentia meu sangue ferver nas veias como uma grande torrente, e com os punhos fortemente fechados, aguardei na entrada da vila a chegada da morte, enquanto que meus contemporâneos...[...]

LEIA O CONTO COMPLETO EM: fontesdaficcao.wordpress.com/leitor-do-mes-janeiro2009-conto

.